Fundados a 7 de Dezembro de 1978, os Sócios da Mangueira são assim a escola mais antiga da Mealhada. 

Atuais tetra-campeões do carnaval Luso Brasileiro da Bairrada, contando já com 10 títulos no mesmo, bem como dois títulos de campeonato nacional. A verde e rosa da Mealhada percorre o país, de Janeiro a Janeiro, com inúmeras atuações, levando o nome da cidade e a cultura carnavalesca mais além.

"Orgulho, claramente orgulho de ser Mangueirense!”

No Inverno de 1978, num baile, na antiga Rua Amarela, actual Avenida Quinta da Nora, ao redor de um bidão de alcatrão com lenha a fumegar, alguém se lembrou de criar um grupo de samba para o carnaval de 79. Os brasileiros de Coimbra não
vinham e aí estava a oportunidade de fazer uma coisa diferente.

Na altura saudavam-se uns aos outros dizendo, - Estás bom, sócio?!, ou questionava-se o colega dizendo, - Oh sócio, arranja-me um cigarrinho. Essa característica vem dar nome ao grupo, que, por afinidade, se ligou à mais importante escola do Rio de Janeiro e do Brasil, a Mangueira. Nascem Os Sócios da Mangueira. O ano de estreia não podia ter sido melhor, o do Márcio-Tony Ramos. O batismo teve cerca de cinquenta mil pessoas, dizem. Depois, veio o sucesso nos espectáulos, era a menina querida de todos os foliões carnavalescos. Em qualquer lugar Os Sócios eram requisitados. Fizeram-se loucuras de vários shows em vários sítios, na mesma noite.

Empolgados com a adesão das gentes, avançam e constituem-se numa Associação Cultural, Recreativa e Desportiva em 3 de Abril de 1981. 

Colaboram com a Associação de Carnaval da Bairrada e verdade seja dita, não havia carnaval que não tivesse Os Sócios a abrilhantar os corsos, as grandes Dionísias pelos bares e os bailes, cheios de alegria carnavalesca. Foram e são ainda impulsionadores de mudanças na imagem prática do carnaval e, na sua divulgação.

Em 1995, após uma Assembleia Geral da sua coletividade, decidem enveredarpor uma independência de facto, que permitisse a responsabilização da sua vida futura, Associativa e Carnavalesca. Desfilam no chão primeiro do que outros grupos, organizam e confecionam fatos e alegorias, costeiros e cabeças, desenham coreografias para serem dançadas na avenida, apresentam Porta-Bandeira e Mestre-Sala, Rainha da Bateria, e Alas de Passistas, enfim, transportam a imagem de um carnaval brasileiro para terras bairradinas e não só.

Viajam pelo país em espetáculos, desfiles e atuações, e têm presença em alguns programas de TV. Desde então o percurso de sucesso não tem parado, contam com 8 títulos de Campeões no Carnaval da Mealhada, 1 título de Campeões Nacionais, 4 títulos de Vice-Campeões Nacionais e 3 Troféus de Samba Enredo, além de outras distinções. E o caminho é mesmo estou, continuar a lutar e a trabalhar para mais e melhor.

Este ano, 2018, vão celebrar os 40 anos de existência com um programa de atividades que se espera grandioso e à altura dos seus pergaminhos. Eleitos recentemente, os novos orgãos sociais da coletividade vão procurar honrar a história da mesma, e abrilhantar ainda mais os quadros da memória desta instituição. De momento, a motivação maior, é unir à volta de um grande desígnio e numa alegria de entrudo, todos os sócios, amigos e simpatizantes desta associação.

"Orgulho, claramente orgulho de ser Mangueirense"

 

Melhores cumprimentos,

Sócios da Mangueira 

  • Facebook
  • Instagram

Sobre Nós

JJ4_0285.jpg

História

Sócios da mangueira.png
APM02760.jpg

Sócios da Mangueira